Blog >

Como apoiamos a transição de carreira dentro da empresa

A contratação de um novo funcionário naturalmente envolve o surgimento de diversas expectativas para ambos os lados. Para a empresa, por exemplo, saber o que de melhor aquele funcionário pode e quer oferecer. Por outro lado, o profissional precisa entender quais oportunidades a companhia consegue proporcionar à sua carreira.

Alinhar essas expectativas de forma honesta e transparente desde o primeiro contato, é fundamental para não gerar frustrações. Assim, menores são as chances de ter um profissional insatisfeito e, por consequência, improdutivo.

Por isso, nós acreditamos em uma gestão de carreira compartilhada. Estamos sempre dispostos a apoiar os nossos colaboradores em seus propósitos e processos de desenvolvimento profissional. Capacitar e acreditar nos planos de carreira do nosso time é a nossa forma de troca genuína e retenção de talentos. Aqui, vamos dividir como foi o processo de transição dentro da Avivatec para alguns de nossos colaboradores.

Oportunidades

A pessoa ideal para uma vaga recém-aberta talvez já esteja dentro da sua empresa aguardando uma chance. Manter as portas abertas para os anseios e ambições da sua equipe é necessário, bem como direcionar novas oportunidades que aparecem para quem já conhece e está comprometido com a companhia. Deste modo, novos caminhos podem ser traçados tanto pelo colaborador, como pela empresa. Ou, ainda melhor, pelos dois juntos.

É o caso do Bruno Franco, que entrou na Avivatec para atuar com Suporte Help Desk. Em uma reunião sobre carreira, a fim de entender melhor os planos e expectativas dos nossos funcionários, questionamos seus objetivos e áreas de interesse. “Expliquei que sempre gostei da área de Redes e gostaria de seguir carreira. Assim que surgiu uma vaga, me deram a oportunidade”, conta Bruno.

Já Lucas Xavier começou como Analista de Negócios Sênior. Algumas semanas depois, a Gerente de Projetos deixou a empresa. “Quando completei 3 meses, por conta da boa atuação em um projeto, me fizeram a proposta de migrar de área e passei a ser Coordenador de Projetos. Recentemente, fui promovido. Agora sou Gerente de Projetos”, ele explica.

Lucas Silva também iniciou na área de Produtos, como Analista de Negócios, mas sempre gostou e teve bastante contato com nosso time de Desenvolvimento. “Fiquei cada vez mais interessado e decidi estudar as principais tecnologias utilizadas na empresa, pensando em fazer essa transição e aprender melhor na prática.”

Desafios

É claro que mudanças sempre vêm acompanhadas de alguns desafios. Afinal, são novas atribuições e responsabilidades. Nós gostamos de fazer parte desse processo de formação e temos orgulho de cada um dos nossos colaboradores que se propõem a seguir novos trajetos e se dedicam a alcançar seus resultados pessoais e profissionais.

Por vezes, isso inclui até adaptação a um novo ambiente, situação pela qual o Lucas Silva passou. “Eu trabalhava alocado no cliente, então me desvincular da área anterior ainda está sendo um desafio.” Além do compromisso em desenvolver e aperfeiçoar novas habilidades, “é uma área (desenvolvimento) em que você precisa estudar coisas novas o tempo todo, sempre aparece uma tecnologia ou framework diferente. Me programo para cumprir uma rotina de estudos e me manter atualizado”, completa.

Um programa de estudos diário e individual também foi um desafio para Bruno, assim como se familiarizar com as novas atividades logo no início. Para Lucas Xavier, as novidades comuns à transição trouxeram junto a responsabilidade de desempenhar seu papel de coordenador e, logo depois, de gerente. Ele comenta que “além de gerir um grande portfólio, é necessário que todos os envolvidos nos projetos – time e diretoria – tenham pleno conhecimento de onde estamos, quais os próximos passos e os resultados que pretendemos atingir. Comunicação é um desafio constante. Com mais projetos, mais pessoas precisam de informações claras e objetivas”.

Crescimento

Ao possibilitar novas oportunidades de carreira, potencializando as habilidades e talentos de quem faz parte da nossa equipe, não só os nossos colaboradores se desenvolvem. Os resultados são positivos para ambos, por isso é importante que a vontade de crescer seja uma via de mão dupla.

“Aqui é um lugar de oportunidades. É muito legal trabalhar em uma companhia que te permite crescer e contribuir. Isso é um diferencial no mercado, nem todos os lugares te permitem avançar e viabilizam isso como a Avivatec faz”, conclui Lucas Xavier.

“Meu objetivo é adquirir conhecimento e crescer na área de Redes. A Avivatec está sempre disposta a gerar oportunidades para aqueles que desejam e estão comprometidos com a empresa. Agradeço por acreditarem e possibilitarem alcançar meus objetivos e sonhos”, completa Bruno.

“Sempre tive interesse em migrar para a área de Desenvolvimento, aprender mais e ganhar experiência. No momento, estou atuando no desenvolvimento mobile de um projeto e agradeço a Avivatec pela oportunidade”, finaliza Lucas Silva.

Este é um dos nossos maiores compromissos, dar suporte àqueles que estão sempre em busca de conhecimento e amadurecimento profissional. Um dos nossos lemas é “eu sou um pouco da Avivatec e a Avivatec é também parte de mim”. O que, para nós, significa que se estamos em constante crescimento, é essencial que o nosso time cresça com a gente.

Fique por dentro das novidades